Sem Fronteiras Consultoria Júnior oferece mentoria gratuita a micro e pequenas empresas
Empresa Júnior do curso de Administração busca contribuir para a superação da crise gerada em consequência do novo Coronavírus

Publicado em: 04 de junho de 2020 09h06min / Atualizado em: 04 de junho de 2020 09h06min

Uma ação da Sem Fronteiras Consultoria Júnior, ligada ao curso de Administração da UFFS – Campus Chapecó pretende auxiliar gratuitamente micro e pequenas empresas do município e da região que estejam passando por dificuldades em função da crise gerada pelo novo Coronavírus.

A pandemia do novo Coronavírus trouxe consigo, além da saúde pública, o desafio econômico à sociedade. Em um cenário em que as pessoas devem se manterem em casa, empresas de todo o país vêm passando dificuldades. Conforme a presidente da Sem Fronteiras, Nathalia Cristina Carvalho, “a ideia surgiu a partir de dois trainees durante um evento online. Eles articularam a ideia pra dentro da empresa de realizar um projeto que ajudasse a nos desenvolver e pudesse fazer a diferença no mercado, dando às empresas a oportunidade de sair da crise de forma gratuita”, conta.

O grupo, que conta com nove empresários juniores, está trabalhando com quatro organizações. São reuniões semanais para as entregas do que é feito em equipe.
Os empresários que tiverem interesse devem preencher um formulário online a respeito de seu negócio. Conforme enfatiza Nathalia, todas as informações são sigilosas.

O grupo, então, faz contato para marcar uma reunião de diagnóstico visando conhecer melhor a empresa e explicar o funcionamento do projeto.  Após o diagnóstico, a equipe se reúne para falar sobre as possíveis soluções. Também é marcado um diálogo com um professor da área na qual a empresa precisa de auxílio para a construção e validação das ideias. O passo seguinte é a reunião com o cliente para que sejam produzidas soluções conjuntas, semanalmente.

Os estudantes e empresários juniores formam duas equipes: uma mais voltada à questão financeira e outra, ao marketing. Os clientes são encaminhados para cada uma das equipes conforme as necessidades.

Fazem parte do projeto, além de Nathalia, Daniel Sanssanoviez, Emerson Makoski, Guilherme Santos, Jeferson Sant'ana, Ionaé Zamboni, Isabela Gomes, Luiz Nottar e Pedro Becker. A responsável técnica pela Sem Fronteiras é a professora Kelly Tosta.

Aprender com a crise

A professora entende que o momento é “bem propício para os alunos aprenderem a lidar com crises.  Em uma medida maior ou menor, as crises sempre existirão. É claro que essa está obrigando as organizações a se reinventarem. Não é mais possível conceber o mercado durante e após a pandemia sem inovar, sem agir diferente, porque o cenário exige. Isso catalisa nos alunos a necessidade de mudança”.

Ela também pontua que é fundamental aos estudantes estarem em contato com as organizações. “Diferente de outras ciências, não conseguimos reproduzir realidade organizacional em laboratório. Esse contato direto com o empresário e suas dificuldades faz com que os alunos apliquem na prática as teorias que estudam em sala de aula. Essa é a importância da Empresa Júnior”.

Para finalizar, ela ressalta que como a maioria dos estudantes está sem aulas, essa atuação é uma grande oportunidade para que continuem se desenvolvendo. E não só isso, mas, também, “desenvolvendo as organizações ao redor e também trazendo um retorno à sociedade de tudo o que é investido em nós”, finaliza.

Quem quiser tirar dúvidas pode entrar em contato com a equipe pelo número (49) 98503-8049, e-mail: ej.semfronteiras@gmail.com ou Instagram: @semfronteirasjr.

Na página do Facebook da UFFS - Campus Chapecó a Nathália e a professora Kelly falam sobre o tema em um vídeo!


ÚLTIMAS NOTÍCIAS