Grupos e Projetos de Pesquisa no PPGE

RELAÇÃO DE GRUPOS E PROJETOS DE PESQUISA

 


Professores Bruno Antonio Picoli e Renilda Vicenzi

http://lattes.cnpq.br/0720220622377411http://lattes.cnpq.br/9436388141866896

Projeto de pesquisa: Educação Histórica e Filosofias críticas da Educação: estudos sobre a elaboração do passado e o convívio com o Outro no campo da Educação para a Paz, do Diálogo, da Contraeducação e da Educação Democrática

Descrição:
A emersão do neoliberalismo como episteme implica a naturalização da competição como forma de relacionamento entre os seres humanos e suas instituições. Torna-se urgente refletir sobre proposições teóricas e suas possibilidades práticas que se recusam a compreender a humanidade como um coletivo de competidores e a vaticinar a rotinização instrumental das relações humanas como a única forma de relação possível, na qual o Outro é sempre um obstáculo a ser superado. A educação é um dos campos de atuação preferenciais do neoliberalismo, e isso é visto na pressão por melhorias nos indicadores e rankings que estabelecem um currículo avaliado (posterior) ao procurar medir a qualidade da educação oferecida. A Educação Histórica, ou seja, as formas de elaboração do passado, compreende um dos segmentos educacionais mais afetados pela Educação Normalizante neoliberal, porque tem servido de motor para a naturalização e justificação das diversas formas de violência (individual, estrutural e cultural). É nesse cenário que emergem abordagens críticas que procuram discutir os sentidos da Educação para além das demandas do mercado e dos desejos da sociedade moderna absorvida pela ideologia neoliberal. Perspectivas que não tratam o Outro como um desafio a ser superado, mas como um companheiro para compartilhar o mundo, para construir juntos novas formas de (con)viver na diferença. Isso implica elaborar o passado de modo a não ocultar a violência sofrida e praticada, não apagar as experiências traumáticas e assumir as responsabilidades pelo mundo e pela outridade. É inscrito nesse conjunto de imersões teóricas que esse projeto visa desenvolver pesquisas teóricas no campo da Filosofia da Educação sobre as formas de elaboração do passado que compreendem a Educação Histórica a partir de referências educacional-filosóficas da Educação para a Paz, do Diálogo e Educação, da Contraeducação e da Educação Democrática. Essas quatro perspectivas educacional-filosóficas, embora possuam especificidades, se aproximam no que diz respeito a tentativa de construir espaços abertos para o Outro e alternativos a hegemonia neoliberal. As quatro perspectivas não se projetam como metanarrativas totalizantes, ao contrário, estão abertas à novidade potencial e à incerteza. De qualquer modo não recusam a pluralidade, as diferentes formas de ser um ser humano no mundo, ao contrário, desejam essa pluralidade, o que é Outro. Em todas elas, o Outro não é alguém contra quem competir, um desafio a ser superado, mas um companheiro no mundo. Desejar o Outro como um companheiro tem implicações na forma como elaboramos o passado, ou seja, na Educação Histórica.

Sub-projeto (vinculado ao guarda-chuva):
Formação de professores de História e a reforma curricular para formação inicial de professores da Educação Básica de 2019: uma análise da literatura especializada entre os anos de 2020 e 2021

Descrição:
Esta pesquisa se dedica a refletir sobre os desafios para a formação de professores de História a partir das implicações das recentes reformas curriculares que tiveram lugar no Brasil entre os anos de 2015 e 2019 e que se encontram em processo de implementação. Tem como objetivo analisar criticamente a produção bibliográfica que versa sobre as implicações técnicas, políticas e éticas das reformas curriculares para a formação de professores da Educação Básica (DCN-BNC) na formação inicial de professores de História publicada em periódicos científicos entre os anos de 2020 e 2021. Metodologicamente é caracterizada como “pesquisa do estado do conhecimento”, que busca identificar, registrar, categorizar, sintetizar e refletir sobre a produção científica de uma determinada temática, em um determinado espaço de tempo com vistas a qualificar o debate e orientar futuras pesquisas e ações

Grupo de Pesquisa em Educação, Violência e Democracia (GRUPEVD)

http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/546378

Instagram: @grupevduffs
Facebook: facebook.com/grupevdUFFS/

 

Profª. Drª. Adriana Maria Andreis 
http://lattes.cnpq.br/8472948314997700

Projeto de Pesquisa: Espaço, Tempo e Educação em pesquisa
Descrição: Este projeto é guarda-chuva e abarca pesquisas que visem problematizar noções, dimensões e interações, implicadas espaço-temporalmente, em diálogo com às cotidianidades, com às territorialidades e/ou com a educação. Nesse sentido, implica subprojetos que se dediquem a investigar questões que priorizem temas implicados nesses âmbitos, com assento que considere o mundo da vida, da arte, da ciência e da educação, como produto-produtores de espaço-tempo geográfico e histórico, múltiplo, relacional e sempre em construção. A par desses pressupostos, admite estudos que tensionem a produção do espaço-tempo, perpassando categorias e conceitos e considerando noções, dimensões e interações como, cotidiano, lugar, território, paisagem, região, fronteiras, natureza e sociedade, por meio do reconhecimento das relações, distâncias, movimentos, redes e escalas, e/ou investigações em diálogo com os processos e as políticas educacionais. Compreende pesquisas bibliográficas, documentais e empíricas, envolvendo estudos que contemplem relações locais e regionais em diálogo com o global.

Grupo de Pesquisa Espaço, Tempo e Educação
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/6606169832265497

 


Profª. Drª. Adriana Richit
http://lattes.cnpq.br/2107707592550055

Projeto de Pesquisa: Conhecimentos e o desenvolvimento profissional de professores que ensinam matemática examinados no contexto dos Lesson Studies (estudos de aula)
Descrição: O estudo de aula (jugyō kenkyū), originário do Japão, consiste em uma abordagem de desenvolvimento profissional de professores centrada na prática letiva, que assume natureza colaborativa e reflexiva. Por sua dinâmica de desenvolvimento e possibilidades de promover aprendizagens profissionais de professores, os estudos de aula têm sido implementados e investigados em vários países ao redor do mundo. Em face a isso nos propomos a investigar, na perspectiva qualitativa e interpretativa de pesquisa, os conhecimentos profissionais e o processo de desenvolvimento profissional de professores que ensinam matemática na educação básica, em redes públicas de ensino brasileiras, examinando este processo no contexto dos estudos de aula e buscando compreender o modo como podem influenciar a prática posterior do professor. O contexto da investigação empírica serão dois estudos de aula, um com professores de matemática dos anos finais do ensino fundamental e ensino médio, a ser realizado em 2019, e outro com professores dos anos iniciais do ensino fundamental, a ser realizado em 2021. O material empírico do estudo será constituído mediante a elaboração de notas de campo no decorrer das sessões do estudo de aula, das transcrições das gravações de áudio e vídeo das sessões e das entrevistas realizadas com os professores participantes ao final do estudo de aula, assim como das produções textuais destes professores elaboradas em face das atividades no decorrer do processo. Além disso, a pesquisa envolverá aprofundamento teórico sobre a temática mediante a realização de reuniões de estudo e seminários de socialização de resultados com a equipe de pesquisadores engajados na investigação, atividades estas que ocorrerão distribuídas na vigência do projeto.

Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Matemática e Tecnologias - GEPEM@T
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/7621662921303170

 


Profª. Drª. Ana Maria de Oliveira Pereira
http://lattes.cnpq.br/4184522973273476

Projeto de Pesquisa: Formação de Professores: saberes e fazeres nas práticas educacionais
Descrição: Este projeto guarda-chuva de pesquisa, tem como objetivo conhecer como acontece a formação dos professores para aquisição dos saberes que dão suporte as suas práticas educativas, bem como as complexidades e desenvolturas que permeiam a atividade docente. O recorte da pesquisa é a região de abrangência na Universidade Federal da Fronteira Sul. Este trabalho será realizado por estudantes de graduação e pós-graduação desta universidade. A pesquisa será de abordagem quali/quantitativa com objetivos exploratórios.

Núcleo de Estudos Território, Ambiente e Paisagem (NETAP)
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/6189987439960502

 


Profª. Drª. Camila Caracelli Scherma
http://lattes.cnpq.br/6214829816320750

Projeto de Pesquisa: A linguagem e a constituição de hegemonia discursiva: a ideologia da produtividade e as políticas educacionais brasileiras
Descrição: A partir do período mais intenso dos processos de globalização, há discursos que vão se constituindo como dominantes, que tentam adequar as formas de organização em nível planetário, nas esferas econômica, política e social. Nesse contexto, há verticalidades que se nos impõem e cujos padrões enunciativos se repetem em diferentes esferas de atividade humana de modo a constituírem-se como hegemônicos. Na esfera da educação, as políticas educacionais são importantes meios através dos quais os interesses de agentes hegemônicos globais se espraiam, entrecruzando e interpenetrando também as formas de organização, materializando o espírito hegemônico, via discursos globais, globalizados e globalizantes. Nesse entrecruzamento, as ideologias da produtividade e da competitividade constituem-se como arenas em que se fortalecem verticalidades, materializando o espírito produtivo e competitivo global nos modos de pensar as políticas educacionais no Brasil. Assim, com o objetivo de estabelecer um percurso para compreender o espraiamento e a penetração do espírito competitivo e produtivista global para a esfera da Educação brasileira, via discursos de políticas educacionais, e suas diferentes formas de refração na constituição da vida cotidiana dos lugares, este projeto propõe o estudo da repetição de padrões enunciativos constituindo discursos das esferas educacionais e legitimando modos de organização dos lugares. Este estudo será feito com base no pensamento do filósofo russo Mikhail M. Bakhtin e do chamado Círculo Bakhtiniano, especialmente no que diz respeito às relações entre infra e superestruturas mediadas pelas materialidades sígnico-ideológicas e ao caráter dialógico e responsivo da linguagem. Contudo, considerando o caráter dialógico da linguagem, nesse processo de ausculta, emergirão também as vozes que expressam o enfrentamento, as resistências, as tentativas de ruptura da atual ordem das coisas. As compreensões aqui propostas se darão, portanto, no âmbito da lógica responsiva, nas zonas limítrofes entre as verticalidades e as horizontalidades, das hegemonias e não-hegemonias, do espírito dominante com os atos de resistência.

Grupo de Estudos dos Gêneros de Discurso
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/0600878894951722

 


 Prof. Dr. Claudecir dos Santos
http://lattes.cnpq.br/9255817148061876

Projeto de Pesquisa:  Autogoverno e Formação Humana
Descrição: A pesquisa de cunho teórico e de revisão bibliográfica, pretende investigar os fundamentos filosóficos pedagógicos da formação humana, com o fim de oferecer reflexões para a educação como autogoverno, frente a sociedade da interação e comunicação contemporânea. A investigação se ocupará com as dimensões constitutivas humanas da linguagem, da teoria da ação e exercício filosófico; e dos conceitos clássicos e fundantes de concepção de paideia, instruction e Bildung.

Grupo de Estudos Educação, Filosofia e Sociedade
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1590512108586676

 


Profª. Drª. Iône Inês Pinsson Slongo
http://lattes.cnpq.br/5968402164322354

Projeto de Pesquisa: A produção do conhecimento em Educação
Descrição: Pesquisa do estado do conhecimento, que tem por objetivo analisar a produção científica da área de Educação no Brasil, em diferentes recortes temáticos e temporais. Realiza balanços críticos, orientados por parâmetros histórico-epistemológicos, a partir de teses, dissertações, artigos em periódicos e trabalhos em eventos, . Trata-se de projeto matricial, interinstitucional, cujo desenvolvimento tem possibilitado explicitar características e inferir tendências da pesquisa na área. A expectativa é que os dados gerados possam subsidiar novos estudos e produzir indicadores sobre o desenvolvimento científico da área, de modo a contribuir para a definição de políticas públicas para a Educação.

Grupo de Estudos Educação Matemática, científica e tecnológica - EMCT
http://ddgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/6577846388924175

 


Prof. Dr. Joviles Vitório Trevisol
http://lattes.cnpq.br/4429765335868303

Projeto de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas de Educação no Brasil
Descrição: Em 2018 a Constituição Federal (CF) completou 30 anos, firmando-se como a terceira Constituição mais longeva da história do país. Esse fato, longe de ser irrelevante, enseja uma série de temas e questões de pesquisa nas mais variadas áreas de conhecimento. A CF, entre os tantos aspectos, promoveu um redesenho do Estado brasileiro, introduziu um novo modelo de federalismo, fortaleceu o primado da democratização e estabeleceu novas relações entre o Estado e a sociedade. O estadocentrismo abriu espaço para a participação da sociedade. As políticas públicas, neste contexto, ganharam proeminência e centralidade, passando a ser essenciais ao desenvolvimento das áreas estruturantes da vida em sociedade e à promoção da justiça distributiva. A CF buscou equilibrar os direitos fundamentais da pessoa humana a um conjunto amplo de direitos sociais que promovem a dignidade humana nas suas múltiplas dimensões. A educação, em particular, foi definida como um direito social e um direito público subjetivo, cuja implementação é responsabilidade estatal, por meio do regime de colaboração entre todos os entes da federação. Tendo isso presente, o propósito desse estudo é investigar as complexas relações entre Estado e educação, com o propósito de compreender as políticas públicas (formulação, implementação, avaliação e gestão) de educação básica e superior no Brasil pós-Constituição de 1988. Priorizará, em particular, a análise (i) das transformações do Estado brasileiro e as novas formas de regulação social e política; (ii) das relações entre Estado e educação; (iii) do papel exercido pelos diferentes atores estatais e não-estatais nos processos de formulação, implantação e avaliação das políticas educacionais; (iv) das políticas de universalização da educação básica e de municipalização e das políticas de expansão e de democratização da educação superior. De caráter abrangente, o presente projeto será desenvolvido por meio do uso de métodos e técnicas de natureza quantitativas e qualitativas. O uso e a complementaridade das abordagens decorrem da própria natureza dos objetos a serem investigados. As técnicas e os instrumentos quantitativos de coleta e sistematização de dados serão complementados por meio da utilização da pesquisa qualitativa, especialmente análise documental (análise da CF, LDB, Planos Nacionais, estaduais e municipais de educação, leis, decretos, emendas constitucionais, diretrizes orçamentárias, pareceres, notas técnicas etc). A pesquisa quantitativa será desenvolvida por meio do acesso e sistematização dos indicadores educacionais disponíveis nas bases de dados do IBGE, INEP, Banco Central do Brasil (BCB), Presidência da República, Ministério da Educação, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, INEP, IBGE, Secretaria da Receita Federal do Brasil, Ministério da Fazenda, Departamento Intersindical de Estudos Estatísticos Sociais e Econômicos (DIEESE). Projeto aprovado e institucionalizado junto à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Grupo de Estudos Estado, Sociedade e Políticas Públicas
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/6758091553522233

 


Profª. Drª. Maria Sílvia Cristofoli
http://lattes.cnpq.br/3914203624268459

Projeto de pesquisa: Políticas Públicas para Educação no contexto Latino-americano
Descrição: O projeto volta-se a estudar políticas públicas de educação propostas e implementadas nas últimas décadas em diferentes países da América Latina e destinadas, prioritariamente, à educação básica em suas diferentes dimensões (infraestrutura escolar, formação de professores, gestão dos sistemas educacionais). Tem como principal objetivo mapear e analisar políticas públicas destinadas à educação básica em diferentes países da América Latina, identificando e analisando comparativamente as políticas planejadas e implementadas nas últimas décadas. A comparação buscará identificar as convergências, divergências e tendências dessas políticas. Estão previstos enquanto procedimentos metodológicos a análise documental dos programas e projetos disponibilizados pelos diferentes órgãos oficiais responsáveis pela educação em cada país. Pretende-se utilizar ferramentas analíticas de políticas públicas e dos estudos comparados em educação. Ao final da realização da pesquisa espera-se traçar um mapa macro-regional das políticas estudadas e divulgar os resultados através de publicações.

Grupo de Pesquisa Políticas Públicas, Democracia e Estudos Urbanos
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/0056206344610052

 


Profª. Drª. Nilce Fátima Scheffer
http://lattes.cnpq.br/5954694026735663

Projeto de Pesquisa: A Representação nas Ciências Exatas, aplicações das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no ensino e saberes matemáticos.
Descrição: O projeto tem por objetivos promover reflexão e discussão a respeito da representação no ensino de matemática a partir da utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) para fins didáticos de sala de aula. Considera a análise sob o ponto de vista das múltiplas representações e da fenomenologia da percepção em relação ao ato de criar, desenvolver, representar e demonstrar matematicamente, disponibilizar e avaliar recursos pedagógicos que proporcionem a aprendizagem matemática. A prática pedagógica tem sido uma frente de pesquisa muito presente neste grande projeto, pois abrange a orientação de trabalhos de pesquisa associados ao tema, que vão desde Iniciação Científica, Extensão, Trabalhos de Conclusão de Curso e Dissertações de Mestrado. A Geometria Analítica do Ensino Médio, por exemplo, o estudo exploratório de softwares dinâmicos como o GeoGebra e demais programas que podem ser implementados pela plataforma LINUX principalmente, são objeto de estudo nos cursos de Licenciatura em Matemática e Pós-graduação, considerando a formação de professores de matemática. O estudo se volta à exploração dos Softwares e investigação de possibilidades de ensino, tendo em vista a análise e discussão das múltiplas representações matemáticas. Além destas frentes de estudo, o projeto contempla o desenvolvimento de estudos teóricos tendo em vista a inclusão digital e a formação de professores de matemática na utilização de recursos informáticos. Este projeto de pesquisa consolidou no Grupo de Pesquisa ações que contribuíram para a estruturação e criação do Laboratório de Educação Matemática - LEM da UFFS, que proporciona à comunidade regional a possibilidade da construção e discussão de materiais didáticos para o ensino de matemática, apresentando subsídios que contribuem à prática docente em Matemática e a utilização de tecnologias para os processos de ensino e de aprendizagem. Este projeto relaciona-se diretamente também com Pesquisa e Extensão desenvolvidas com professores da rede pública da região do oeste do estado de Santa Catarina, região da abrangência da UFFS campus de Chapecó SC.

Grupo de Pesquisa Tecnologias da Informação e Comunicação, Matemática e Educação Matemática
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/5220565155499064

 


Prof. Dr. Odair Neitzel
http://lattes.cnpq.br/0750444554945581

Projeto de Pesquisa: Docência, campo discursivo e formação humana
Descrição: O projeto de pesquisa (guarda-chuva) pretende abrigar em si, subprojetos que desenvolvam pesquisas no campo da formação inicial e continuada de professores. Objetiva contribuir com reflexões para a atividade docente analisando as diferentes formações discursivas, permitindo assim, interpretar como a ação pedagógica e a docência se inscrevem no contexto da sociedade hodierna. Se propõem a pensar como promover a ação pedagógica diante da crescente virtualização das relações sociais e pedagógicas na sociedade da informação. Busca assim revisitar os diferentes enunciados inscritos na história e em diversas materialidades bibliográficas e documentais, cobrindo diferentes tempos e espaços para compreender temas relacionados à formação e à prática docente. A pesquisa tem sua ênfase na abordagem bibliográfica e documental, sendo epistemologicamente prismada pela perspectiva da análise do discurso foucaultiana.

Grupo de Pesquisa Educação, Filosofia e Sociedade
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1590512108586676

 


Prof. Dr. Oto João Petry
http://lattes.cnpq.br/6095133580168744

Projeto de Pesquisa: Gestão, inovação e financiamento da educação no âmbito das políticas e administração educacional brasileira
Descrição: Trata-se de projeto matriz, de longa duração, que tem o objetivo de desenvolver estudos em âmbito local, regional, nacional e transnacional sobre Estado, políticas educacionais, gestão e inovação educacional, gestão democrática e financiamento da educação brasileira, tendo em conta os processos e as dinâmicas que as constituem, os meios e os modos como se configuram e os resultados que alcançam na sua implementação. Os estudos de cunho analítico-descritivos e interpretativos serão realizados em processos colaborativos entre pesquisadores vinculados ao Grupo de Pesquisa em Gestão e Inovação Educacional do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal da Fronteira Sul (GPEGIE/PPGE/UFFS), Campus Chapecó/SC, e do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Marxismo, Trabalho e Políticas Educacionais do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Estado do Amapá (GEMTE/PPGED/UNIFAP). Tais estudos terão como objeto de análise documentos, leis, políticas e práticas da área da educação, em diferentes níveis e amplitudes. Na análise dos dados e das informações será empregada a de conteúdo (BARDIN, 2011; MORAES, 1999; FRANCO, 2012), por entender-se ser esta a mais adequada para a realização dos processos analíticos propostos. Espera-se que os estudos analítico-descritivos e interpretativos a serem desenvolvidos contribuam com a qualificação profissional dos pesquisadores, bem como tragam à luz as intencionalidades, os tensionamentos expressos ou não nas políticas educacionais em curso, nas dinâmicas e mediações político-econômicas do mundo globalizado. Destaca-se a escrita de artigos científicos e livros ao longo do desenvolvimento do estudo, a apresentação e a discussão dos resultados em eventos científicos da área. Ressalta-se, ainda, que os estudos em tela, os quais abarcam aspectos do Estado, das políticas educacionais, da gestão e administração da educação, do financiamento da educação, da gestão e inovação educacional, em suas diferentes e complexas configurações, constituem-se em desafio enorme e alinham-se com o compromisso e a preocupação em produzir-se conhecimento a partir da e sobre a realidade próxima e distante, relevante para a construção de formas de pensar e de viver em uma sociedade justa e igualitária..

Grupo de Pesquisa em Gestão e Inovação Educacional (GPEGIE)
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/7197193415303898

 


Profª. Drª. Patrícia Gräff
http://lattes.cnpq.br/5670585241403271

Projeto de Pesquisa: Políticas de inclusão na Educação Básica
Descrição: A inclusão de alunos com deficiência/s, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação na educação básica, constitui o foco da presente investigação, que tem como objetivo central conhecer e problematizar as políticas de inclusão empreendidas na educação básica, nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O marco teórico da pesquisa tem inspiração nos Estudos Foucaultianos, tomando, desse campo, a prática e a normalização como ferramentas metodológicas. A partir dessa lente teórica, olha-se para a produção de políticas educacionais que têm a educação especial, na perspectiva inclusiva, como pano de fundo. O campo para realização do estudo concentra-se na região de abrangência da UFFS e nos municípios no entorno de cada campus (Chapecó e Cerro Largo), olhando para as políticas educacionais voltadas ao atendimento dos alunos público-alvo da educação especial. Desse modo, as políticas educacionais – nacional, estaduais e municipais – constituirão a materialidade analítica do presente estudo, articulados com o mapeamento de pesquisas referentes às políticas de inclusão na educação básica. Ao final da pesquisa, pretende-se fazer um esboço sobre as políticas educacionais inclusivas na região estudada, de modo a contribuir para a compreensão desse campo e instrumentalizar possíveis avanços.

Grupo de Pesquisa em Políticas e Práticas de Inclusão (GPPPIn)
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/0655302043457297

 


Profª. Drª. Solange Maria Alves
http://lattes.cnpq.br/6307854612905183

Projeto de Pesquisa: Desenvolvimento Humano e Educação na perspectiva histórico-cultural
Descrição: Este projeto abriga estudos e pesquisas vinculadas: i.) ao Grupo de Estudos e Pesquisa Escola de Vigotski-GEPEVI. No escopo deste grupo, tem como objetivo estudar e investigar a educação no que refere à práxis pedagógica como espaço-tempo de desenvolvimento humano; ii.) à linha de pesquisa: Formação de professores, conhecimentos e práticas educacionais, do Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado em Educação da UFFS, ocupada do desenvolvimento da ciência no âmbito da educação escolar e da prática pedagógica como fator desenvolvimento humano. Tem como objetivo precípuo desenvolver pesquisas no âmbito da educação básica e superior, abarcando objetos de interesse ao alargamento da produção científica da temática da relação entre educação e desenvolvimento humano na perspectiva da teoria histórico-cultural. O alcance do objetivo proposto se orienta, em termos teórico e metodológicos, pelos pressupostos do materialismo histórico-dialético, matriz de referência da teoria histórico-cultural de psicologia. Segue-se que o método deve levar em conta a história do fenômeno investigado, ou seja, o processo que gera a sua existência como fenômeno e não apenas o fenômeno em si mesmo, e o caráter dialético desse processo. Esses princípios orientam a elaboração de procedimentos metodológicos que favoreçam a dinamicidade requerida pelo objeto em estudo. Espera-se, com as pesquisas, alcançar resultados importantes para o desenvolvimento da educação básica e superior, identificando mudanças nas concepções e práticas tendo como horizonte uma educação transformadora, criadora, ocupada e comprometida com o desenvolvimento da humanidade em cada indivíduo bem como, elementos que permitam acompanhar o processo de acesso ao conhecimento pelas pessoas que protagonizam a educação nos diferentes tempos-espaços institucionais, atentando para o papel da educação como fator de desenvolvimento humano

Grupo de Estudos e Pesquisa Escola de Vigotski
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2464455368597316