Perfil do Curso


Nome
História - Licenciatura

Sigla
CCLHER

Sobre o Curso

O desafio central do Curso de Graduação em História – Licenciatura é ensinar a pensar historicamente. Para isso, o conhecimento dos processos históricos é imprescindível, porém não menos importante é compreender a produção do conhecimento histórico. Isto é, não se trata de aprender um maior número de informações históricas, mas formar-se para compreender como esses conhecimentos são produzidos, possibilitando tornar-se um produtor de conhecimento histórico e, dessa forma, relacionar-se de forma crítica com esse conhecimento. Isso permitirá perceber o conhecimento histórico enquanto produção, não buscando tão somente apreender as informações apresentadas, mas igualmente questionar as condições de produção e os critérios de validade dessas informações.

Igualmente é importante fazer-se professor de História, ou seja, compreender como se ensina e se aprende a pensar historicamente. A prática docente na escola básica será o objetivo principal desta formação, ainda que o currículo preveja igualmente a preparação para a atuação em outros espaços educativos.

A tarefa de formação de professores atravessará o conjunto do currículo e será de responsabilidade do conjunto do corpo docente. Se este fazer-se professor terá momentos mais marcados, como nos componentes curriculares do domínio conexo de formação de professores e nos estágios curriculares supervisionados, sua presença como fio condutor ao longo do currículo será proporcionado pelas horas de Prática Pedagógica do Componente Curricular (PPCC), presentes na maior parte das disciplinas.

Um dos desafios do curso é envolver ao máximo os estudantes com a universidade em todas suas dimensões, sendo necessário, para isto, construir as condições pedagógicas e materiais para que sua relação com a universidade não se restrinja ao ensino e sim esteja articulada à pesquisa, à extensão e à cultura, compreendendo que o enriquecimento desses três pilares da instituição universitária passa justamente pela sua indissociabilidade. 

Importante referência para o curso de História da UFFS é a integração com a educação básica, tanto na formação inicial quanto na formação continuada. Compreende-se que para os professores em formação é imprescindível um contato permanente com a educação básica e o papel que os professores em atuação na educação básica podem cumprir como co-formadores (Capes).

A formação continuada é uma das tarefas decisivas dos cursos de formação de professores e será um dos eixos das ações de extensão do curso de História da UFFS. Apoiados na perspectiva de Paulo Freire, acolhida no estatuto da UFFS, entendemos a extensão como uma articulação, um diálogo da universidade com outros sujeitos. Essa concepção será importante para pensarmos a formação continuada como a produção de espaços nos quais os saberes produzidos na escola e na universidade possam se encontrar (TARDIF). Nesse caso vemos como a política de formação continuada será decisiva para a formação inicial.

O Curso de Graduação Licenciatura em História oferece 50 vagas no período noturno, com ingresso no primeiro semestre de cada ano, no Campus Erechim.


Turno
Noturno

Duração Mínima
10 semestres

Modalidade
Presencial

Número de vagas anuais
50

Nível
Graduação - Licenciatura