ANÁLISE SOCIOECONÔMICA

A análise socioeconômica tem por finalidade analisar a situação socioeconômica dos estudantes, gerando um índice de vulnerabilidade socioeconômica (IVS), assim como manter um banco de dados dos estudantes classificados para serem atendidos em programas, projetos, benefícios e serviços que dependem de análise socioeconômica.

A análise socioeconômica destina-se aos estudantes regularmente matriculados nos cursos de graduação da UFFS.

O processo de análise socioeconômica é realizado pelo Setor de Assuntos Estudantis (SAE) de cada campus, da seguinte forma: 

I - Estudante preenche e envia o cadastro socioeconômico de forma online pelo SAS;

II - Após o preenchimento e envio do cadastro o estudante precisa entregar a documentação descrita na Lista de documentos (nova lista válida a partir de 19/08/2021) no SAE de seu Campus e agendar uma entrevista. Para os casos de renovação a entrevista não é obrigatória;

III - O SAE procede a conferência da documentação e a realização da entrevista com o estudante; 

IV - O SAE procede a finalização do cadastro socioeconômico; 

V - Estudante recebe um e-mail com o resultado do seu cadastro socioeconômico e pode acompanhar pleo Sistema SAS todas as etapas.

Para atualizar, renovar ou fazer uma nova análise socioeconômica (cadastro socioeconômico) os estudantes devem realizar o preenchimento e o envio do cadastro da forma on-line pelo Sistema de Análise Socioeconômica (SAS).
A divulgação do resultado será feita por e-mail. O acompanhamento da análise e o pedido de revisão serão possíveis somente pelo sistema.
O SAS pode ser acessado pelo Portal do Aluno ou pelo IdUFFS.

Manual de acesso ao Sistema de Análise Socioeconômica (versão PDF).

Para acessar os auxílios socioeconômicos, é necessário que o estudante tenha sua análise socioeconômica finalizada.

As regras para a realização de análise socioeconômica encontram-se disponíveis na Resolução nº 10/2016-CONSUNI/CGAE.

 

Informações adicionais nos recibos de aluguel e transporte:

Caso necessite apresentar recibo de aluguel ou de transporte, seguem algumas informações que esses recibos precisam conter:

Recibo de aluguel:

a) Nome completo e CPF OU Razão Social e CNPJ do proprietário do imóvel ou do responsável pela locação;

b) Mês a que se refere o pagamento;

c) Data de emissão;

d) Valor pago;

e) Nome da pessoa que realizou o pagamento;

f) Assinatura do proprietário ou responsável pela locação OU autenticação mecânica.

OBS.: O recibo de aluguel pode ser substituído por boleto bancário quitado que contenha as informações constantes nos itens "A-E” acima.

 

Modelo de recibo de aluguel


 

 

Recibo de transporte:

a) Nome completo e CPF OU Razão Social e CNPJ do responsável pela emissão do recibo;

b) Data de emissão;

c) Valor pago;

d) Nome da pessoa que realizou o pagamento;

e) Assinatura do responsável pelo recebimento ou autenticação mecânica.

OBS.: O recibo de transporte pode ser substituído por boleto quitado ou cupom fiscal, que contenha as informações constantes nos itens “A-D” acima.

 

Modelos de declarações

Declaração anual de renda de atividades rurais

Declaração de aluguel - direto com proprietário

Declaração de aluguel - contrato em nome de terceiros

Declaração de situação ocupacional

Declaração de que não possui Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)

Declaração de pensão alimentícia

Declaração de união estável

Declaração de inexistência de transporte da prefeitura

Declaração de transporte próprio ou compartilhado

Autorização de consulta ao Bacen

 

 

Atenção diferenciada

Considera-se público da atenção diferenciada os estudantes indígenas, quilombolas, estrangeiros, em situação de acampamento, assentamento ou de rua.

O estudante poderá solicitar o cadastro socioeconômico, mediante atenção diferenciada, em relação à documentação, no SAE do seu campus, apresentando:

I- Formulário socioeconômico preenchido e assinado;

II- Formulário para pedido de atenção diferenciada.

A Instrução Normativa Nº 1/PROAE/UFFS/2017 dispõe sobre os procedimentos normativos para a atenção diferenciada de que trata o § 5º do artigo 6º da Resolução 10/2016 – CONSUNI/CGAE.

Formulário para pedido de atenção diferenciada em relação à documentação

 

Configurações
texto-rico
Conteúdo

Atualmente não existem itens nessa pasta.