Apresentação

Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (Mestrado)

Sigla
PPGICH

Sobre o Curso

Apresentação

O Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas tem como campo de estudos as diversas modalidades de conhecimento que envolvem os saberes, a produção de identidades e de formas de subjetivação e os processos e práticas sociais, nos contextos sociais em que emergem, se desdobram, produzem e transformam. Nesse quadro polissêmico, são enfatizadas as propostas investigativas que privilegiem múltiplos olhares sobre as sociedades, procurando perceber como os sujeitos constroem suas experiências, dotando-as de sentido. A produção do conhecimento, nesse caso, envolve – necessariamente – abordagens interdisciplinares com a participação de profissionais de diferentes campos formativos, o que redunda numa formação acadêmica, em nível de mestrado, complexa e multifacetada, com objetivo de suprir a demanda regional de produção de pesquisa qualificada no âmbito da Universidade, nas Humanidades.

Dessa perspectiva da formação para a pesquisa na região da Fronteira Sul, o perfil do egresso do PPGICH está pautado na formação interdisciplinar, inferindo-a como capaz de oferecer aos egressos as ferramentas para a produção autônoma de pesquisas interdisciplinares, capazes de integrar conceitos e métodos, superando a chave disciplinar de construção do conhecimento. Isso redunda em dois tipos de qualificação: para a pesquisa em áreas do conhecimento que estão presentes no PPGICH, como Educação, Filosofia, Antropologia, Ciências Sociais, História, Linguística, Urbanismo e Literatura; para a pesquisa que, a partir da necessidade de tomar os objetos e metodologias sob o viés interdisciplinar, capacite os pesquisadores a transcender os limites da ordem disciplinar e possibilite a criação de teorias e métodos inovadores, com excelência e legitimidade acadêmica.

Além da pesquisa, o egresso estará capacitado para assumir, com níveis de excelência, a docência em geral. No caso da educação, em nível médio, isso equivale a permitir uma atividade qualificada de ensino, sobretudo em disciplinas relacionadas às Ciências Humanas, que ainda se ressentem de formações disciplinares e metodologias de ensino. No caso do ensino superior, o egresso será apto para desenvolver com qualidade e pertinência investigações no campo das humanidades, tanto em áreas específicas quanto sob a égide da interdisciplinaridade – em nível, por exemplo, de doutoramento, preocupação das políticas nacionais de educação através de programas de fomento como o Pró-Doutoral. Assim, o egresso poderá seguir carreira acadêmica em doutorados interdisciplinares e disciplinares, além de atuar nos diversos níveis da administração pública, no gerenciamento de políticas sociais, de ciência e tecnologia e de educação, em organizações e afins.

Objetivo Geral 

O Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH) tem como objetivo geral qualificar, em nível de mestrado, profissionais voltados para as discussões relacionadas às Ciências Humanas, pautadas no imperativo interdisciplinar e pertinentes à área de concentração Saberes e Identidades, tendo em vista a necessidade de perscrutar e intervir tanto sobre o contexto imediato de atuação do Programa quanto sobre o contexto amplo que permite sua aparição. Seu intuito é, pois, de formar pesquisadores e capacitar docentes, gestores e profissionais ligados ao campo das Humanidades, considerando a complexidade dos objetos e métodos das diversas disciplinas e áreas que compõem tal campo de pesquisa e atuação, atentando-se para as demandas regionais e universais de problematização da relação entre os saberes e a produção de identidades, nas diversas modalidades teórico-metodológicas.

Objetivos Específicos

O Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH) tem os seguinte objetivos específicos:

a) possibilitar formação teórico-metodológica interdisciplinar no campo das Ciências Humanas, que permita a produção autônoma de pesquisas, capazes de problematizar as realidades socioculturais, políticas e históricas em que os sujeitos estão envolvidos, levando-se em consideração a ausência de produção científica qualificada em Ciências Humanas na região de atuação da UFFS, que está geograficamente distante do eixo de produção acadêmica do Sul do Brasil;

b) construir, em nível de Pós-Graduação, sobre a tríade Ciências Humanas, produção dos saberes e produção das identidades, de modo a açambarcar processos e práticas sociais existentes no contexto imediato de atuação da UFFS e nos contextos amplos da contemporaneidade, dando ênfase à pesquisa acadêmica em sua relação direta com a exterioridade (geográfica, política, sociológica etc.);

c) desenvolver processos constantes de investigação interdisciplinar em Humanidades, a partir da necessidade crescente de entendimento da complexidade dos objetos, dos métodos e das teorias na contemporaneidade. Para isso, engendrar colaborações entre as diferentes áreas de formação e atuação dos docentes do Programa (Antropologia, História, Arquitetura, Literatura, Filosofia, Linguística, Educação e Sociologia) em projetos de pesquisa que envolvam discentes e outros agentes sociais da região;

d) formar profissionais qualificados tanto para a atuação nos diversos níveis de ensino – Básico e Superior (Graduação e Pós-Graduação) –, quanto para a promoção de articulação com as mais variadas entidades – públicas ou privadas –, que tenham como pressuposto uma atuação positiva e inovadora na geração e aplicação de soluções para as demandas sociais, culturais e políticas hodiernas;

e) investigar e produzir soluções relativas às práticas de ensino das Ciências Humanas, tendo em vista a possibilidade de adensar seu caráter interdisciplinar e de suscitar mudanças positivas, sobretudo nas áreas de Filosofia, História, Sociologia, Antropologia e Pedagogia, que fazem parte do rol de Graduação da UFFS, segundo um cotejar entre a produção científica e as práticas de escolarização disciplinar;

f) produzir meios de divulgação, socialização, disseminação e democratização do conhecimento acadêmico produzidos no PPGICH, seja na forma de periódicos, seja na forma de produção frequente de eventos, grupos de pesquisa e de ensino;

g) engendrar processos de cooperação nacional e internacional de pesquisa, forjando alianças e o intercâmbio entre as reflexões desenvolvidas no PPGICH e aquelas que têm sido exitosas em outros espaços acadêmicos e não-acadêmicos de debate;

h) adensar a discussão acerca da “Interdisciplinaridade”, ampliando as problematizações entre os diversos campos de conhecimento que fazem parte do PPGICH e, ademais, estabelecendo critérios e exigências claras para a manutenção do caráter interdisciplinar da proposta;

i) organizar e gerir modos e estratégias de inserção do PPGICH nas problematizações regionais, cujo modelo inicial seria o de “Núcleos de Formação”, a partir da inferência do papel fomentador e formador das pesquisas desenvolvidas pelo Programa;

j) constituir um polo de referência para a formação interdisciplinar na região da Fronteira Sul.


Turno
Vespertino e Noturno

Duração Mínima
24 meses

Modalidade
Presencial

Número de vagas anuais
20