Professor de História participa de gravação de podcast sobre Invasões Bárbaras
Ideia é que o material possa ser utilizado por estudantes ou professores

Publicado em: 06 de dezembro de 2018 10h12min / Atualizado em: 06 de dezembro de 2018 10h12min

O professor do curso de História do Campus Chapecó, Renato Viana Boy, participou de um projeto do jornal Estado de São Paulo, chamado O Estado da Arte, que tem a proposta de gerar um material que possa servir como complemento aos estudos feitos por graduandos em História e professores, apresentando pesquisadores especialistas, e com uma discussão atual sobre um tema, mas num formato diferente daquele de uma aula ou de um Congresso, por exemplo.
Dessa forma, o professor Renato participou da gravação de um podcast sobre "As Invasões Bárbaras" com a ideia de tratar do tema em três grandes tópicos: a crise do Império Romano no século IV, a chamada 'Queda de Roma' como consequência das invasões bárbaras no V e o contexto político subsequente na Europa Ocidental, no século VI.

O convite surgiu pois Renato já havia pesquisado o tema como parte do seu doutorado. “As invasões bárbaras têm sido evocadas atualmente para fundamentar, a partir de um tema da História, debates sociais e políticos pautados na ideia de que invasões de populações de nível cultural inferior, os bárbaros, feitas contra os civilizados romanos, teriam sido as responsáveis pela destruição do poder político e militar do maior império da antiguidade. Esse fundamento, tomado superficialmente e sem uma reflexão mais cuidadosa, tem sido utilizado para legitimar o argumento de que existem, atualmente, populações 'menos civilizadas' que outras e que as mais 'desenvolvidas' deveriam se proteger da presença de migrantes de regiões culturalmente 'inferiores'”, explicou.
Dessa forma, segundo Renato, há um tema da História sustentando ações políticas e sociais xenofóbicas e reforçando preconceitos, justamente numa sociedade totalmente conectada e globalizada, como a nossa. “Isso reforça a necessidade de se conhecer melhor os debates sobre as "invasões Bárbaras" no mundo romano antigo e as construções historiográficas feitas desse tema, além, é claro, de relativizar e repensar o seu uso na contemporaneidade”, afirmou.
Para o professor, o resultado foi muito positivo. “Penso que a inserção de historiadores na produção de materiais novos, diferentes das tradicionais formas de publicação, permite que nossas pesquisas possam alcançar um público mais variado, contribuindo para o proposta divulgar nossos estudos, para que estes se façam presentes além do espaço da universidade, servindo como um material complementar de estudos sobre a História”, concluiu.
O Estado da Arte
O projeto, do Estado de São Paulo, é uma plataforma de podcasts inspirada no programa In Our Time, da rádio BBC 4. A cada edição, três estudiosos debatem sobre um tema a partir de um olhar científico. O podcast "As Invasões Bárbaras", foi gravado com Renato Viana Boy (UFFS), Adrien Bayard (doutor pela Universidade de Sorbonne em Paris e pós-doutorando pela USP - LEME/LAMOP) e Marcelo Cândido da Silva (USP).
O programa está disponível no link: http://oestadodaarte.com.br/as-invasoes-barbaras/