UFFS lança ferramenta de pesquisa digital para acesso ao acervo arquivístico
O acervo de documentos permanentes pode ser visualizado pelos diversos públicos interessados

Publicado em: 12 de agosto de 2019 17h08min / Atualizado em: 12 de agosto de 2019 17h08min

Em comemoração aos 10 anos da Universidade Federal da Fronteira Sul, o Departamento de Gestão Documental (DGDOC) da Secretaria Especial de Tecnologia e Informação (SETI) está lançando a Plataforma de Acesso ao Acervo Arquivístico da UFFS. A ferramenta possibilita a consulta e o acesso aos documentos arquivísticos de caráter permanente que são produzidos e acumulados pela Instituição.

O projeto de criação de uma plataforma nessas características teve início em 2018, por meio da troca de informações e experiências com a Divisão de Arquivo da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto (UFCSPA) e com a Coordenadoria de Gestão Documental do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), instituições que já adotavam ferramentas voltadas à difusão dos seus acervos arquivísticos por meio da web.

Assim como na UFCSPA e no IFRS, a ferramenta utilizada pela UFFS baseia-se no software livre Access to Memory (AtoM), acrônimo de “Acesso à Memória”, desenvolvido por iniciativa do Conselho Internacional de Arquivos (CIA) com a colaboração de diversos parceiros.  A ferramenta visa ao intercâmbio de informações entre instituições, propiciando o acesso aos documentos de arquivo em um ambiente responsivo, podendo ocorrer por meio de computador ou dispositivos móveis, como smartphones e tablets. A ferramenta possibilita realizar a descrição dos documentos de acordo com normas nacionais e internacionais, favorecendo a pesquisa realizada por indivíduos que residam em qualquer lugar do mundo.

Para a finalização do projeto, o DGDOC contou com a colaboração de setores como o Gabinete do Reitor (GR), o Departamento de Assessoria de Comunicação (DAC), a Secretaria Especial de Obras (SEO) e a Assessoria de Comunicação do Campus Chapecó (ASCOM-CH). Os setores compartilharam com o DGDOC documentos que retratam as atividades dos seis campi da UFFS, reunindo um número expressivo e possibilitando que fossem incluídas na plataforma, para consulta, cerca de 10 mil documentos textuais, fotográficos, sonoros e audiovisuais. As informações constituem uma amostra inicial do acervo permanente produzido pela UFFS.

Além de cumprir um papel de difusão da memória da Universidade, a Plataforma atende a dispositivos legais que tratam do acesso à informação pública, com destaque para o Decreto n° 7.724/2012, que regulamenta a Lei n° 12.527/2011 – Lei de Acesso à Informação (LAI), que cita como dever das instituições públicas a promoção da transparência ativa das informações de interesse coletivo ou geral.
Conforme o DGDOC, pretende-se, nas próximas etapas do projeto, ampliar o conjunto de documentos disponibilizados para consulta, tornando a ferramenta um destaque para difusão e transparência dos documentos públicos da UFFS, servindo de subsídio para estudos, pesquisas, controle social e conhecimento das ações e projetos desenvolvidos pela Universidade ao longo do tempo.

Para pesquisar na Plataforma, basta acessar o endereço https://acervo.uffs.edu.br/. O acervo digital também pode ser acessado pela página da UFFS, link Acesso Fácil, seção Acervo Arquivístico.