Prorrogado prazo para inscrição de bolsistas no Programa de Residência Pedagógica (PRP)
Estudantes matriculados em cursos de Licenciatura podem inscrever-se até sexta-feira (15)

Publicado em: 13 de junho de 2018 15h06min / Atualizado em: 13 de junho de 2018 15h06min

A UFFS foi contemplada no Edital Nº 6/2018 da Capes, de Chamada Pública para apresentação de propostas no âmbito do Programa de Residência Pedagógica. Com isso, abre-se a possibilidade da Instituição ofertar 360 bolsas a estudantes de Graduação matriculados nos cursos de Licenciatura.

Conforme o Edital Nº 10/PROGRAD/UFFS/2018, o estudante interessado em participar do Programa deve, primeiramente, cadastrar e manter atualizado currículo na Plataforma Paulo Freire, no endereço https://freire2.capes.gov. br. e imprimir a primeira folha para comprovação. Depois precisa juntar com o formulário de inscrição (anexo I do edital), histórico escolar em curso de Licenciatura da UFFS contemplado pelo Subprojeto/Núcleo de Residência Pedagógica, de acordo com o quadro do item 2 do edital, e carta de intenções, de acordo com as instruções do anexo II do edital.

Em seguida é necessário encaminhar os documentos no setor de protocolo do campus ao qual o núcleo está vinculado endereçado à Coordenação Acadêmica. O prazo para realizar o procedimento foi prorrogado para até a próxima sexta-feira (15), conforme Edital Nº 13/PROGRAD/UFFS/2018, no horário de funcionamento dos setores de protocolo dos campi. O estudante contemplado terá direito a receber bolsa mensal no valor de R$ 400,00, com vigência de 18 meses a partir do mês de agosto de 2018.

Para concorrer às bolsas é necessário que o estudante tenha cursado, no início de implementação do Programa (1º de agosto de 2018), o mínimo de 50% do curso, ou estar cursando a partir do 5º período.

Sobre o Programa de Residência Pedagógica
O Programa é implementado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e um dos seus principais objetivos é aperfeiçoar a formação dos discentes de cursos de Licenciatura, por meio do desenvolvimento de projetos que fortaleçam o campo da prática e conduzam o licenciando a exercitar de forma ativa a relação entre teoria e prática profissional docente, utilizando coleta de dados e diagnóstico sobre o ensino e a aprendizagem escolar, entre outras didáticas e metodologias.