Andifes lança campanha para reforçar a importância das universidades federais na vida do país
UFFS apoia a iniciativa de valorização das estruturas públicas, em especial as instituições públicas de ensino

Publicado em: 14 de dezembro de 2018 12h12min / Atualizado em: 14 de dezembro de 2018 11h12min

A Universidade Federal da Fronteira Sul é uma das instituições federais de ensino superior a engajar-se na campanha recém-lançada pela Associação Nacional dos Dirigentes das instituições Federais de ensino Superior (Andifes). A campanha tem como foco destacar aspectos relevantes das Universidades Federais para o desenvolvimento do Brasil. Na primeira ação a Andifes divulgou um vídeo ressaltando o papel de destaque que as instituições públicas têm no desenvolvimento de pesquisas e projetos científicos e culturais, assim como o fato de que 60% dos estudantes serem das classes sociais D e E.

O reitor da UFFS, Jaime Giolo, reitera que a campanha da Andifes é primordial porque tem a intenção de mostrar para a sociedade brasileira a importância das estruturas que compõem as universidades públicas. “Entendo que não há patrimônio, em termos de bens públicos, mais importante que as existentes nas instituições públicas de ensino. Seria difícil imaginar o futuro do país sem essas estruturas. Mas o que acontece é que, como órgãos públicos, elas [as universidades públicas], não fazem marketing de si próprias”.

Giolo salienta que “a UFFS costuma divulgar-se em congressos científicos, em encontros especializados e outros eventos, que muitas vezes não chegam ao mundo popular. Às vezes ocorre de uma pesquisa de impacto repercutir mais diretamente na vida das pessoas. O que acaba tendo mais visibilidade é a formatura dos alunos, que é muito importante, mas as estruturas das universidades promovem muitas outras atividades de interesse público, entre elas pode-se citar o auxílio na implementação de políticas públicas por órgãos da Administração Federal. Então as universidades federais movem um continente não muito visível. Para não se deixar criar uma bolha de rejeição às instituições públicas, em especial às universidades públicas, essa campanha vem em boa hora”.

O vídeo da campanha está disponível na página da Andifes.