Impulso para as Licenciaturas

Publicado em: 05 de novembro de 2010 09h11min / Atualizado em: 20 de março de 2017 09h03min

Compartilhar página Compartilhar via Facebook Compartilhar via Twistter Compartilhar via Google Plus

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) vai implantar o Núcleo de Estudos em Docência (NED) a partir da apresentação e aprovação de um projeto no Programa de Consolidação das Licenciaturas (Prodocência). Com isso, pretende fomentar a qualidade dos cursos de licenciatura, tornando o NED um espaço de articulação entre professores formadores, professores em formação inicial e professores em exercício na educação básica.

Também são objetivos do NED, a implantação de uma rede de laboratórios de estudos em docência nos diferentes campi, a promoção da articulação da prática docente dos cursos de licenciatura da UFFS e a realização de estudos e pesquisas sobre a atividade docente na educação básica.

O NED vai reunir onze professores da UFFS. As licenciaturas em sociologia, história, ciências (química, física e biologia), letras, educação do campo, geografia, pedagogia e filosofia participarão do projeto. O valor de execução do projeto, a cada ano, será de R$ 130 mil. O cronograma de ação vai de outubro de 2010 a dezembro de 2011.
A diretora de Organização Pedagógica, Zenilde Durli, que esteve à frente da comissão para a construção do projeto, falou sobre todo o processo. Confira:

UFFS – Como foi a organização da equipe participante do projeto? Em quanto tempo o grupo conseguiu estabelecer o projeto?
Zenilde Durli – O Edital do Prodocência previa o envio de um único projeto por instituição à Capes. Por essa razão, a Prograd decidiu compor uma comissão multicampi para a construção do projeto que seria submetido ao Edital Prodocência 028/2010. A partir da decisão, foram convocadas três reuniões de trabalho, nas quais foram definidos a justificativa, objetivos, estratégias de execução do projeto, resultados esperados, atividades, cronograma de execução e plano de aplicação. Em aproximadamente um mês o projeto foi construído, considerando a participação e o envolvimento dos professores representantes de todos os campi.

UFFS – Qual o valor de reunir professores de todos os campi da UFFS para o projeto?
Zenilde – O valor de reunir um grupo com representação de todos os campi para a construção do prodocência é justamente respeitar a peculiaridade da organização acadêmica da UFFS, que é a de ser uma instituição multicampi. Para salvaguardar essa especificidade, nos contextos nos quais a universidade pode apresentar um único projeto, então ele deve ser construído com a participação e representação de todos os campi.

UFFS – Qual a importância da UFFS conquistar a aprovação de um projeto no Prodocência?
Zenilde – A UFFS é uma universidade em construção. Todos os cursos de graduação, entre eles as licenciaturas, estão em implantação. Nesse contexto, é importante para a UFFS a aprovação de um projeto no Prodocência, uma vez que o objetivo precípuo da proposta é contribuir para elevar a qualidade dos cursos de licenciatura, na perspectiva de valorizar a formação e a relevância social dos profissionais do magistério da educação básica.

UFFS – Como o NED poderá contribuir para as licenciaturas da UFFS?
Zenilde – A proposta da UFFS submetida ao Edital do Prodocência prevê a criação, implantação e implementação do Núcleo de Estudos em Docência (NDE) como espaço de articulação entre professores formadores (os professores das licenciaturas), professores em formação inicial (os estudantes das licenciaturas) e professores em exercício na educação básica (os professores em atuação nas escolas). O NED viabilizará a implantação de uma rede de laboratórios de estudos em docência nos diferentes campi, promoverá a articulação entre teoria e prática dos docentes das licenciaturas da UFFS e realizará estudos e pesquisas sobre a atividade docente na educação básica. Dessa forma contribuirá não somente para as discussões e práticas desenvolvidas nas licenciaturas, mas também com a práxis nas escolas de educação básica.