Campus Laranjeiras do Sul realiza Seminário de Integração com a Comunidade Regional
Evento tem como proposta aproximar comunidade acadêmica e regional

Publicado em: 07 de novembro de 2018 16h11min / Atualizado em: 09 de novembro de 2018 09h11min

Acontece, nesta quarta-feira (7), o I Seminário de Integração Comunidade Regional e Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul. O evento tem como objetivo realizar avaliação de projetos já desenvolvidos em parcerias entre a Universidade e a comunidade regional, além de efetuar levantamento de demandas que possam continuar norteando ações de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFFS, dentro das perspectivas já discutidas na Conferência de Ensino, Pesquisa e Extensão (COEPE).

A organização do Seminário foi demandada pelo Conselho Comunitário do Campus, buscando aumentar a proximidade entre a comunidade regional e as possibilidades do Campus e da Universidade em relação ao atendimento das demandas regionais.

O evento ocorre no Bloco A do Campus Laranjeiras do Sul, com a participação da comunidade acadêmica (docentes, técnicos-administrativos e discentes) e comunidade regional.

No início da manhã foi realizada a mesa de abertura, a qual contou com a participação de João Costa de Oliveira, representante do Movimento Pró-Universidade, Luis Carlos Costa, presidente do Conselho Comunitário da UFFS – Campus Laranjeiras do Sul e Mirian Maria Kunrath, vice-presidente do Conselho Comunitário do Campus, da diretora do Campus Laranjeiras do Sul, Janete Stoffel, e do vice-reitor da UFFS, professor Antônio Inácio Andrioli.

Na sequência foram expostos alguns dos projetos de Extensão desenvolvidos pelo Campus Laranjeiras do Sul. Os coordenadores das propostas, acompanhados por representantes que participaram e foram atendidos pelos projetos, relataram suas experiências.

No período da tarde ocorre apresentação da tese de doutorado intitulada “A importância da UFFS – Campus Laranjeiras do Sul e o Desenvolvimento do Território Cantuquiriguaçu”, de autoria do docente Luiz Cláudio Krajevski. Posteriormente, os participantes distribuídos em grupos de trabalho se reúnem para discutir ações e propostas, de acordo com os seguintes eixos temáticos: 1 –Reforma Agrária, Agricultura Familiar, Agroecologia e água; 2 – Direitos Humanos; Educação básica, popular e do Campo; Inclusão social e ações afirmativas; 3 – Meio ambiente e sustentabilidade; Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social; 4 – Políticas Públicas, Economia e Desenvolvimento Regional.

Para finalizar as atividades os participantes se reúnem novamente para apresentar as demandas levantadas pelos grupos de trabalho e para realizar avaliação, encerramento e encaminhamentos das atividades.

Galeria de Imagens: