Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental está com inscrições abertas até dia 18
Curso oferta até 15 vagas gratuitas

Publicado em: 11 de junho de 2021 08h06min / Atualizado em: 05 de julho de 2021 08h07min

Estão abertas, até 18 de julho, as inscrições para o processo seletivo complementar do Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental, com ingresso no segundo semestre letivo de 2021. O curso é gratuito e ofertado na UFFS - Campus Erechim.

São ofertadas até 15 vagas entre as linhas de pesquisa, da seguinte forma: até o limite de 7 vagas para a linha de Sustentabilidade dos Agroecossistemas e 8 vagas para a linha de Conservação dos Recursos Naturais.

O processo seletivo reserva vagas para candidatos classificados e autodeclarados indígenas, com deficiência e autodeclarados negros, conforme distribuição a seguir:
a) 2 vagas para candidatos autodeclarados indígenas, aprovados e classificados no processo seletivo;
b) 1 vaga para candidatos com deficiência, aprovados e classificados no processo seletivo;
c) 1 vaga para candidatos autodeclarados negros (pretos e pardos), aprovados e classificados no processo seletivo.

As etapas da seleção são as seguintes:
a) Pré-projeto de pesquisa, de caráter eliminatório e classificatório, peso 40%;
b) Defesa do pré-projeto de pesquisa, de caráter eliminatório e classificatório, peso 30%;
c) Análise do Curriculum Vitae, de caráter classificatório, peso 30%.

É importante que todos os candidatos leiam atentamente o edital, disponível em https://www.uffs.edu.br/atos-normativos/edital/gr/2021-0474.

Dúvidas podem ser sanadas pelo e-mail sec.ppgcta@uffs.edu.br. Em virtude da pandemia de covid-19, a UFFS está atendendo remotamente. Por isso, os telefones institucionais estão indisponíveis.

Sobre o curso

O Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental visa a formação de profissionais que aliem a produção sustentável e a conservação dos recursos naturais. Podem concorrer graduados de diferentes áreas do conhecimento que tenham interesse em desenvolver pesquisa na área ambiental e vinculadas aos temas ofertados no edital.

Até o momento foram mais de 80 dissertações defendidas. Os egressos atuam em laboratórios de instituições públicas e privadas, em empresas do setor privado (agroindústria, biotecnologia e agrícola), no setor público, como pesquisadores e docentes do ensino superior, ou, ainda, seguiram para programas de doutorado.

Para conhecer mais o curso, acesse www.uffs.edu.br/ppgcta.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS