Editora UFFS entra em funcionamento

Conselho Editorial realizou a primeira reunião e escolheu presidente e vice
Diretoria de Comunicação
Publicado em: 20 de março de 2017 14h30min / Atualizado em: 21 de março de 2017 15h24min

O Conselho Editorial da Editora UFFS reuniu-se para sua primeira reunião ordinária no último dia 16 de março. Em pauta, a eleição do primeiro presidente e vice-presidente e o início do recebimento das primeiras obras.

Conforme o regimento da Editora, compete ao Conselho Editorial, entre outras atribuições: elaborar a política editorial e definir as linhas editoriais das publicações da Editora; instituir comissões para finalidades editoriais específicas; promover a cultura da publicização dos resultados da Pesquisa, do Ensino e da Extensão para um público amplo; aprovar a publicação dos originais encaminhados à Editora e obras a serem coeditadas, valendo-se de pareceres técnicos.

 

O conselho é formado pelo diretor da Editora e por docentes dos campi da UFFS de três grandes áreas do conhecimento: Ciências Matemáticas, Naturais, Engenharias e Computação; Ciências Médicas e da Saúde, Agronômicas e Veterinárias; e Ciências Humanas, Sociais e Artes. O presidente e o vice-presidente são escolhidos entre seus membros para um mandato de dois anos. Para a primeira gestão foram escolhidos os docentes Marlon Brandt, do Campus Chapecó, como presidente, e Antonio Marcos Myskiw, do Campus Realeza, como vice.

 

Quanto às linhas editoriais, o diretor da Editora UFFS, Valdir Prigol, esclarece que nesse primeiro momento serão recebidas obras em duas linhas editoriais: acadêmica e didático-pedagógica. “Estamos prevendo que a partir do mês de abril já iniciamos o recebimento de obras que se encaixem nessas linhas. Esperamos poder editar cerca de 6 obras neste ano”, afirma.

O diretor lembra que a Editora UFFS é voltada, prioritariamente, para a edição de e-books. “Só publicaremos livros impressos nos casos em que o autor obtiver financiamento ou custear a impressão. Acreditamos que a publicação on-line é um salto na direção da democratização do acesso aos livros”, salienta Prigol.

 

Para o reitor, Jaime Giolo, esse é mais um passo significativo para a UFFS. “A atividade editorial é bastante importante nesse meio científico em que vivemos. Ter uma editora dentro da nossa Instituição faz parte desse processo acadêmico de incentivar a produção intelectual de nossa comunidade acadêmica e da comunidade onde estamos inseridos. É um demonstrativo, também, da maturidade intelectual de uma universidade poder editar suas próprias obras. O fato de editarmos prioritariamente e-books ainda nos coloca em um patamar mais destacado, no sentido de fortalecer os laços com os leitores, que não são mais apenas os pares científicos. Há muitas pessoas fora do meio acadêmico que buscam e que têm como fonte o saber da academia. E essas pessoas estão, certamente, voltadas para a era digital. Então, publicar e-books, sobretudo gratuitos, é uma forma de também acompanhar a contemporaneidade”, afirma Giolo.

Conforme o regimento, a Editora UFFS está ligada à Diretoria de Comunicação. As obras editadas serão publicadas e disponibilizadas gratuitamente na página da Editora no site da UFFS. Contate editora@uffs.edu.br para mais informações sobre a edição e publicação de obras.