Cursos de Educação do Campo são apresentados em evento no Uruguai
Professores das licenciaturas ofertadas nos campi Erechim e Laranjeiras do Sul participaram da Escola Latino Americana de Extensão e Integração.

Publicado em: 24 de novembro de 2022 08h11min / Atualizado em: 24 de novembro de 2022 14h11min

Professores da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) participaram, entre 10 e 12 de novembro, da Escola Latino Americana de Extensão e Integração, que ocorreu na Universidad de La República Uruguay (Udelar), em Paissandu. O evento reuniu cerca de 300 participantes de universidades brasileiras, argentinas e uruguaias, além de representantes de movimentos sociais dos três países latinos.

A equipe da UFFS apresentou no evento os cursos de Licenciatura Interdisciplinar em Educação do Campo, ofertados nos campi Erechim e Laranjeiras do Sul.

- Buscamos apresentar a nova licenciatura em Educação do Campo como importante política pública para a formação de professores para atuar em escolas camponesas – relata o professor Denilson da Silva, do Campus Erechim. - Destacamos ainda os diferentes cursos da UFFS (Ciências da Natureza, em Erechim, e Ciências Sociais e Agrárias, em Laranjeiras do Sul) e os seus sujeitos: povos tradicionais e movimentos sociais campesinos.

Segundo o docente, o público mostrou-se interessado pela apresentação, fazendo questionamentos sobre os processos seletivos dos cursos, além dos aspectos culturais e sociais dos sujeitos (indígenas e movimentos sociais) que são atendidos pela Educação do Campo na UFFS.

Professores Denilson e Consuelo durante apresentação no evento (Fotos: acervo pessoal)

Além de Denilson, a professora Consuelo Piaia (também do Campus Erechim) e o professor Regis Clemente da Costa (do Campus Laranjeiras do Sul), acompanharam o evento, que teve como tema a extensão universitária no currículo dos cursos.

- Destacamos a importância do evento para se absorver experiências e trabalhos no fortalecimento da Extensão e a Integração via curricularização nos cursos superiores em nossas universidades, elementos que percebemos já estar bastante sedimentados no contexto do Ensino Superior público no Uruguai – destaca Denilson. - A integração dos participantes dos três países também foi algo rico. Igualmente, o referencial metodológico e teórico da educação popular freireana presente nas análises, trabalhos e relatos de experiências dos colegas das universidades uruguaias e argentinas.

Equipe da UFFS durante o evento no Uruguai

A UFFS foi convidada a participar da Escola Latino Americana de Extensão e Integração através do professor Humberto Tommasino, da Udelar, que esteve no Campus Erechim em agosto, participando do 3º Colóquio do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Estudos Agrários, Urbanos e Sociais (Nipeas).


ÚLTIMAS NOTÍCIAS