Ações de sustentabilidade no Campus Chapecó são lembradas no Dia Mundial do Meio Ambiente
Recolhimento de lixo eletrônico, troca de lixeiras e substituição de materiais são algumas das ações que vêm sendo realizadas

Publicado em: 05 de junho de 2019 12h06min / Atualizado em: 05 de junho de 2019 13h06min

Embora cuidar melhor do Meio Ambiente seja uma busca constante, a UFFS – Campus Chapecó tem muito a comemorar nesta quarta-feira (5), Dia Mundial do Meio Ambiente. São várias medidas que vêm sendo tomadas no sentido de melhorar questões como a separação dos resíduos, redução do consumo de papel e água, etc.

De acordo com o coordenador da Comissão Responsável pela Implementação, Monitoramento, Avaliação e Revisão do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos da UFFS – Campus Chapecó, Marcelo Crizel, a ação mais recente diz respeito à coleta específica de resíduos eletrônicos. Até sexta-feira (7), na entrada do Bloco B, materiais podem ser depositados na caixa destinada para tal fim. Outra iniciativa foi uma parceria com o aplicativo Moeda Verde, que recompensa com descontos atitudes sustentáveis. Assim, o descarte de resíduo eletrônico também poderá ser feito dessa maneira. A atividade tem a colaboração da Ambienta Júnior, que ficará responsável pelo recebimento dos resíduos e fornecimento dos códigos para validação dos pontos no aplicativo.
Outras ações têm gerado bons resultados. Uma delas foi a substituição de lixeiras de cinco cores por lixeiras e contêineres de duas – para resíduo reciclável e orgânico. Também foram reduzidas as lixeiras das salas dos setores administrativos.

A mudança no planejamento do esvaziamento para a limpeza dos reservatórios de água também surtiu efeitos positivos. Conforme Crizel, a redução do desperdício, a partir do planejamento, foi importante: “o desperdício de água foi reduzido a apenas 5% do total anterior”, ressalta.
A comunidade acadêmica também foi protagonista. A arborização vem ganhando uma aceleração com doações para o caixinha solidário – criado por iniciativa do técnico-administrativo em Educação Edson da Silva, da estudante de Engenharia Ambiental Eduarda Maria Levinski, com apoios importantes do professor de Medicina Marcelo Moreno e do técnico administrativo em Educação Neimar Assmann.

Depois de conversas de representantes da Assessoria de Infraestrutura e Gestão Ambiental e da Coordenação Administrativa, a empresa que tem a concessão da cantina passou a adquirir copos e canudos biodegradáveis. Antes, os materiais eram de isopor e de plástico.

Outra medida que está em andamento, segundo Crizel, é a construção de uma composteira para o Campus Chapecó, visando o reaproveitamento do resíduo orgânico e biodegradável do Restaurante Universitário. Também está em andamento a abertura de uma trilha ecológica, idealizada por estudantes.
Servidores do campus participam de eventos de sustentabilidade durante a semana e, como ação para relembrar atitudes cotidianas (Campanha institucional EcoAtitude), um varal com cards educativos foi colocado no Bloco A, além das imagens serem veiculadas na página do Facebook do campus. Os resultados das análises da água do campus também não são mais impressos. Folhas menores foram afixadas em alguns locais, mostrando o QR Code e o link para verificar o resultado, diminuindo sensivelmente a quantidade de impressões desse material ao longo do tempo.

“A todo instante precisamos voltar o olhar para o meio ambiente. Precisamos abraçar políticas que minimizem os impactos causados ao meio ambiente. Para uma melhoria significativa é necessária a ação constante. Não podemos deixar o assunto cair no esquecimento”, frisa Crizel. Para finalizar, ele lembra que a Assessoria de Infraestrutura e Gestão Ambiental está aberta a sugestões e proposições, pelo assim.ch@uffs.edu.br.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS