Apresentação

Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos (Mestrado)

Sigla
PPGEL

Sobre o Curso

Apresentação:

O Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos (PPGEL), em nível de Mestrado Acadêmico, objetiva formar docentes e pesquisadores qualificados para atuar na educação superior, em atividades de ensino, pesquisa e extensão na área de Linguística.

O PPGEL é fruto da política de interiorização das atividades de pesquisa e de pós-graduação desenvolvida pela Capes. No caso do Estado de Santa Catarina, historicamente, os programas de Pós-Graduação tendem a se concentrar no litoral. Na área de Letras/Linguística, o PPGEL é o único Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu no interior do Estado. Os outros programas da área estão instalados na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e na Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), ambas em Florianópolis e região metropolitana. Na Mesorregião Grande Fronteira do Mercosul, composta por 396 municípios, região de atuação dos seis campi da UFFS, o PPGEL é o único programa da área de Letras/Linguística em IES pública. Nessa mesorregião, além do PPGEL há apenas mais um programa de pós-graduação stricto sensu na área de Letras/Linguística, em funcionamento na Universidade de Passo Fundo, IES comunitária instalada no noroeste do Estado do Rio Grande do Sul.

Devido a essa litoralização histórica dos programas de pós-graduação stricto sensu da área de Letras/Linguística, a complexa realidade linguística do interior do Estado de Santa Catarina e da Mesorregião Grande Fronteira do Mercosul permanece, em vários aspectos, desconhecida, o que produz efeitos importantes no desenvolvimento socioeconômico regional. As atividades de pesquisa desenvolvidas no PPGEL buscam, sem perder de vista a universalidade da ciência, conhecer as línguas, os contatos entre línguas e os funcionamentos discursivos que configuram os laços sociais e as matrizes produtivas da região.

No âmbito do IV Plano Nacional da Pós-Graduação (PNPG), a expansão da pós-graduação é posta como recomendação, cuja finalidade é reduzir diferenças entre as regiões do país, entre as áreas de conhecimento e entre os diversos Programas e Grupos de Pesquisa, com vistas ao "expressivo aumento do número de pós-graduandos requeridos para a qualificação do sistema de Ensino Superior do país" (Fonte: BRASIL/MCT/CAPES. Plano Nacional de pós-graduação (PNPG) 2005-2010. Brasília, 2005, p. 9. Disponível em: <www.capes.gov.br>. Acesso em: 6 fev. 2011). As políticas implementadas a partir do PNPG propiciaram um incremento significativo na Pós-Graduação no Brasil. E as universidades públicas continuam tendo papel primordial nesse avanço, sobretudo porque são essas universidades que concentram o maior número de Programas de Pós-Graduação stricto sensu. Ainda assim, a oferta desses programas está aquém do ideal, pois não atende completamente as políticas de interiorização da pós-graduação.

A implantação do PPGEL, em consonância com as referidas políticas de interiorização da pós-graduação, representou um passo importante na diminuição dessa distribuição desigual, contribuindo para a formação e "fixação" de pesquisadores e para a qualificação do ensino na Mesorregião Grande Fronteira do Mercosul, o que possibilitará o desenvolvimento regional almejado pela UFFS. Além da fixação de pesquisadores provenientes de diferentes IES do país, a implantação do PPGEL também possibilitou a atração de profissionais experientes e qualificados da área de Letras/Linguística por meio do Programa Visitante Nacional Sênior (PVNS/Capes Edital Capes no 6/2012). Desde 2012, integram o grupo de docentes colaboradores do PPGEL os professores Ester Mirian Scarpa e Carlos Mioto. 
Com isso, ratifica-se o papel do Programa na integração com a comunidade e no fortalecimento dos estudos linguísticos sobre e na região.

Descrição da Área de Concentração:

O Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos possui única área de concentração – Linguística, na qual estão reunidas três linhas de pesquisa: (i) a linha Práticas discursivas e subjetividades, que agrupa investigações acerca dos processos discursivos de produção de sentidos e de constituição de subjetividades e reúne o grupo de pesquisa “Lingua(gem), discurso e subjetividade”; (ii) a linha Diversidade e mudança linguística, que congrega investigações a respeito de fenômenos em variação e/ou mudança linguística do português brasileiro e das situações de bilinguismo ou de línguas em contato na Mesorregião Grande Fronteira do Mercosul e adjacências e reúne o grupo de pesquisa “Estudos GeoSociolinguísticos na Mesorregião Grande Fronteira Sul e adjacências”; e (iii) a linha lingua e cognição: representação e processamento da linguagem, que abarca estudos na perspectiva das relações entre Língua e cognição e reúne os grupos de pesquisa “Estudos Gramaticais” e “Aprendizagem e processamento de primeira e segundas línguas”.

 

Objetivo Geral:

É objetivo do PPGEL formar docentes e pesquisadores qualificados para atuar na educação superior, em atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Objetivos Específicos:

I – Contribuir para o desenvolvimento de habilidades de investigação científica e de reflexão crítica sobre a língua;

II – Fomentar a difusão dos resultados das pesquisas desenvolvidas no âmbito do Programa por meio do estímulo à publicação e à participação docente e discente em eventos científicos e intercâmbios nacionais e internacionais;

III – Incentivar a produção científica consistente e contínua, por meio de projetos individuais e/ou integrados de pesquisa;

IV – Promover convênios e visitas acadêmicas de professores e de alunos em intercâmbios interinstitucionais nacionais e internacionais;

V – Propiciar a articulação entre as atividades de ensino e os projetos de pesquisa e extensão;

VI – Fomentar a integração entre graduação e pós-graduação para estreitar o vínculo entre esses dois níveis de formação e para fortalecer as linhas e grupos de pesquisa do Programa;

VII – Contribuir com a formação de professores que atuam na educação básica e no ensino superior, qualificando-os para o exercício da docência e da pesquisa em seus contextos de trabalho.

 

Turno
Matutino e Vespertino

Duração Mínima
12 meses

Modalidade
Acadêmico

Número de vagas anuais
20